terça-feira, 27 de novembro de 2012

MESTRE VANDO: NOVO MESTRE CAPOEIRA DE MATINHOS


O Mestre Vando formou-se no último dia 17 na Casa da Cultura de Matinhos e hoje se torna mais um ícone da cultura local, representando a mais antiga arte da história brasileira: A Capoeira. Conheça um pouco da história do Mestre Vando: 


Nasceu no dia 12 de Agosto de 1977 na Cidade de Curitiba. Sua família se mudou para Matinhos, quando tinha quatro anos de idade.  Seu pai construtor, se tornou pescador, profissão que também exerceu, dos doze aos vinte e oito anos de idade. Técnico em segurança patrimonial privada, profissão que exerce atualmente. Casado com Merily Santana, e pai de Sarah Santana Valiati da Silva.Teve seu primeiro contato com a capoeira no dia 12 de Julho de 1989, quando o seu irmão Renato, lhe convidou para ir treinar, e disse que pagaria a primeira mensalidade e se gostasse, que as outras mensalidades o próprio teria que dar um jeito. O primeiro grupo dos seus primeiros passos na capoeira, foi a Associação de Capoeira Ilha Bela com o Mestre Crispim, que morava em Guaratuba e dava aula em Matinhos. Cerca de um ano e meio depois ingressou grupo que havia  em  Matinhos a Associação de Capoeira Ylu Aye, com o Mestre Bacico, com quem treina ate os dias de hoje.Começou ministrar aulas quando era monitor, no ano de 1995, com o Contra Mestre Neri que na época era instrutor. 


As aulas eram dadas no barracão ainda em construção na Rua: Roque Vernalha que hoje é a casa do Contra Mestre Neri. Sócio fundador da Associação de Capoeira Zoeira Nagô, no dia 28 de Outubro de 1999. Ministrou aulas na Fundação Municipal de Esporte de Paranaguá no ano de 2000. Nos anos de 2002 e 2003 ministrou aulas na Colônia de Pescadores Z4 de Matinhos. Entre os anos de 2007 a 2010 ministrou aulas nas dependências da UFPR Litoral, onde estuda atualmente, no curso de Gestão Desportiva e do Laser. No ano de 2009 ministrou oficinas de capoeira junto ao Programa Esporte e Lazer da Cidade-PELC, do Ministério do Esporte, no Município de Matinhos. Atualmente ministra aulas como Educador Cultural de Capoeira em uma escola particular de educação infantil, e tem sua carteira de trabalho registrada como Professor de cursos livre. Militante do projeto Capoeira nas Escolas, projeto este que virou Lei Municipal numero: 1456/2011 que ``Dispõe sobre obrigatoriedade de implantação do projeto CAPOEIRA NAS ESCOLAS. ´´ Uma frase do Mestre Vando: “Existe dois tipos de pessoas, as que fazem, e as que dizem que fazem, eu prefiro a primeira que a concorrência é bem menor.” (Mahatma Gandhi)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...